A reunião será com o Secretário Maurício Teles Barbosa

A audiência com o secretário de Segurança Pública da Bahia (SSP/BA), Maurício Barbosa, está confirmada para o dia 23/04, às 15 horas, em Salvador. Participarão da reunião os representantes da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe e dos sindicatos filiados.

No encontro, serão discutidas ações efetivas para prevenir os ataques a bancos no estado. Neste ano, foram registrados 18 casos na Bahia, todos no interior. Só explosões foram 13. Todos sofrem com este problema. Os funcionários das agências muitas vezes têm de trabalhar em situação de risco ou se deslocar para outras cidades. Já os clientes precisam viajar para fazer uma simples operação bancária.

Sindicato de Irecê estará presente

O Presidente do Sindicato dos Bancários de Irecê e Região, Carlos Alberto Bezerra, é um dos representantes dos Sindicatos que participará da audiência com o Secretário da SSP/BA. O dirigente pretende discutir a situação das agências fechadas em função da insegurança e também destacar a situação vivida pela clientela do Banco do Brasil de Irecê, que após mais de um ano do ataque sofrido, até hoje não regularizou o seu funcionamento.

"Tivemos duas agências do Banco do Brasil com as atividades encerradas, Ibititá e João Dourado, outras sequer podem trabalhar com numerário, a exemplo do BB de Gentio do Ouro e de Central. Essa situação toda, que prejudica sobremaneira a vida da clientela e do funcionalismo, é fruto da situação de insegurança vivida no nosso Estado. Temos que discutir a situação botando o dedo na ferida mesmo", destaca Bezerra.

Projeto de lei

Outra medida importante é a proposta das entidades sindicais e apresentada pelo deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB-BA), através do projeto de lei 7.447/2017, que propõe controlar com maior rigidez a produção, estoque e transporte de explosivos.