O autoritarismo que impera no país se mostra nos mínimos detalhes. Agora, as forças conservadoras agem sem qualquer pudor, desrespeitando até os direitos individuais. O Banco do Brasil bloqueou todos os sites de esquerda e os funcionários não conseguem acessar mais nada, nenhum blog progressista.

A denúncia é gravíssima e mostra que o cenário nacional é muito ruim, o pior desde o AI-5, imposto pela ditadura civil-militar. O Sindicato dos Bancários da Bahia está averiguando o caso e tenta contato com a Superintendência.  

"A atitude se revela verdadeira afronta ao direito à informação, livre manifestação, liberdade de imprensa entre outros garantias fundamentais previstas no artigo 5 da Constituição Federal", ressalta o diretor Jurídico do Sindicato e representante dos funcionários do BB na Comissão de Empresa, Fábio Ledo.

A censura se soma ao desmonte do banco que teve centenas de agências fechadas, corte do quadro de pessoal e de direitos dos funcionários.

Fonte: SBBA