Na noite da última terça-feira (24/03), o atual presidente Jair Bolsonaro, se pronunciou em rede nacional e novamente voltou a minimizar a gravidade do coronavírus. dando um show de ignorância.

O presidente, em seu discurso lunático, defendeu a “volta à normalidade” e reabertura de escolas e comércios, em meio a pandemia, o que vai contra as orientações de saúde pública. Bolsonaro ainda exaltou “seu histórico de atleta”, e que não precisaria se preocupar caso fosse infectado pelo covid-19.

O discurso causou revolta nas redes sociais. A reação não podia ser diferente diante de tamanha inconsequência, já que o mundo enfrenta uma doença que já somou mais de 16.000 mortes em escala global.

O presidente da Feebbase, Hermelino Neto, reprovou o discurso e chamou o pronunciamento de irresponsável. “O presidente demonstra ser uma figura que não tem equilíbrio emocional para cuidar do povo brasileiro. Ele se mostra uma pessoa inconsequente, ele vai contra as orientações da OMS e inclusive as orientações do Ministério da Saúde do seu próprio governo e de todos os secretários de saúde dos estados e governadores. Isso nos deixa preocupado, já que o presidente é a maior autoridade do país e tem como missão acalma e trazer segurança para população, mas ele traz um ambiente de insegurança, de incerteza e de medo, deixando claro que ele não tem condições de governar o país”, completou.

Fonte: FEEB BA/SE