Na última quarta-feira (24/06), o Conselho de Administração do Banco do Nordeste Brasileiro (BNB), decidiu reconduzir Romildo Rolim para a presidência do banco. A solenidade de posse ocorreu na quinta-feira (25/06) na sede do BNB, em Fortaleza, com a participação de diretores, funcionários e membros do Conselho de Administração da empresa, de forma virtual.

Romildo estava à frente da presidência do banco desde 2018 até o início de junho. Ele saiu do cargo no início deste mês para dar lugar a Alexandre Cabral, indicado pelos partidos do Centrão. Cabral ficou apenas um dia no posto por ser alvo de investigações, o que contraria as normas da instituição.

A nomeação de Cabral foi feita pelo presidente Jair Bolsonaro, que em troca receberia apoio e aliança com os partidos do Centrão, segundo especulações. Especialistas afirmam que que Bolsonaro está construindo uma base no Congresso para barrar uma eventual tentativa de processo de impeachment.

Com a posse de Romildo Carneiro Rolim, Antônio Jorge Pontes Guimarães Júnior, que vinha exercendo a presidência do Banco interinamente, desde o último dia 3 deste mês, retomou com exclusividade suas funções como diretor Financeiro e de Crédito da organização.

Fonte: FEEB BA/SE