Trabalhadores de diversas categorias e militantes de movimentos sociais de todo o Brasil realizaram uma grande manifestação em defesa da soberania nacional nesta terça-feira (3/10), no Rio de Janeiro. O presidente da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Emanoel Souza, participou do protesto.

A concentração começou em frente à sede da Eletrobras, e seguiu pela região central, com paradas diante do BNDES, da Caixa Economica Federal e da sede da Petrobras, cujo decreto de criação, editado por Getúlio Vargas, completa 64 anos nesta terça.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou do ato político que finalizou a manifestação.

Bancos públicos

Os bancários marcaram presença no evento e fizeram um protesto em frente à  Caixa Econômica Federal, com o objetivo é chamar a atenção da população para o processo de desmonte dos bancos públicos impetrado pelo presidente Michel Temer, com intuito de diminuir o papel social de instituições públicas, essenciais para o desenvolvimento social do país.

As manifestações fazem parte também do Dia Mundial de Mobilização da Federação Sindical Mundial (FSM) e contou com a participação de dirigentes dos bancários da Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo. 

"A unidade e amplitude alcançada neste ato demonstra que a nossa luta não pode ser apenas para garantir direitos, mas sim para defender a soberania nacional. A preservação das estatais e dos bancos públicos é fundamental para que possamos continuar sonhando e construindo um projeto de Nação", afirmou Emanoel Souza, que também é secretário de Imprensa da CTB Bahia.

Fonte: Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe