A semana se encerra com a primeira rodada de negociação específica com o Banco do Brasil, que será realizada na sexta-feira, 29 de junho, a partir das 9h, em São Paulo. No encontro serão tratados temas como calendário de negociação, abrangência do acordo aditivo, dentre outros.

Construída ao longo de vários meses, com reuniões nos locais de trabalho, assembleias e encontros regionais, a pauta de reivindicações foi aprovada no 29º Congresso dos Funcionários do BB, realizado no início de junho. Entre as prioridades estão a melhoria das condições de trabalho nas agências e dos escritórios digitais, contratação de mais funcionários, rejeição da proposta do banco para a Cassi, que quebra a solidariedade e penaliza os menores salários, defesa da Cassi, fortalecimento do BB como banco público, ampliação da luta contra a resolução 23 da CGPAR, revisão da tabela PIP no Plano Previ Futuro para melhoria do benefício e inclusão dos planos de saúde e previdência dos bancos incorporados na mesa de negociação.

A expectativa é muito grande e os funcionários do BB estão preparados para ampliar a mobilização e garantir seus direitos.