Na manhã desta quinta-feira (28/6), dia da primeira rodada de negociação com a FENABAN, os bancários da Região de Irecê, na Bahia, se reuniram na calçada da Agência do Bradesco para o ato de lançamento da sua Campanha Nacional 2018. Participaram da mobilização bancários do BNB, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Banco do Brasil. Em clima de festas juninas, os bancários anunciaram a Campanha Nacional que tem como tema: TODOS POR TUDO – RESISTIR E VENCER - os trabalhadores do ramo financeiro protestaram contra a alta lucratividade dos Bancos, contra as inúmeras demissões imotivadas e principalmente pela precarização do serviço bancário.

Animação e protesto

Decorado com bandeirolas temáticas da campanha, o evento contou com o apoio da CTB Regional Irecê e ampla participação da sociedade civil que foi animada pelo forrozeiro Tiquinho do Acordeon e a distribuição de amendoim para a clientela e populares.

Durante os discursos de protesto, o Presidente do Sindicato, Carlos Alberto, exigiu que as negociações sejam feitas com honestidade, franqueza, mas acima de tudo garantindo a manutenção dos direitos dos trabalhadores. “É preciso também respeitar a clientela, que é empurrada para ser atendida fora das agências, através dos correspondentes bancários", protestava o sindicalista.

Imprensa e Comunicação

Bancários de Irecê lançam Campanha Nacional com protestos, forró e amendoim

Na manhã desta quinta-feira (28/6), dia da primeira rodada de negociação com a Fenaban, os bancários da Região de Irecê, na Bahia, se reuniram na calçada da Agência do Bradesco para o ato de lançamento da sua Campanha Nacional 2018. Participaram da mobilização bancários do BNB, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Banco do Brasil. Em clima de festas juninas, os bancários anunciaram a Campanha Nacional que tem como tema: TODOS POR TUDO – RESISTIR E VENCER - os trabalhadores do ramo financeiro protestaram contra a alta lucratividade dos Bancos, contra as inúmeras demissões imotivadas e principalmente pela precarização do serviço bancário.

Animação e protesto

O evento, enfeitado com bandeirolas temáticas da campanha, contou com ampla participação da sociedade civil que foi animada pelo forrozeiro Tiquinho do Acordeon e a distribuição de amendoim para a clientela e populares.

Durante os discursos de protesto, o Presidente do Sindicato, Carlos Alberto, exigiu que as negociações sejam feitas com honestidade, franqueza, mas acima de tudo garantindo a manutenção dos direitos dos trabalhadores. “É preciso também respeitar a clientela, que é empurrada para ser atendida fora das agências, através dos correspondentes bancários", protestava o sindicalista.