Os bancários seguem empenhados na construção de uma frente ampla em defesa do Banco do Nordeste. Na tarde desta terça-feira (19/3), o presidente da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Hermelino Neto, e o diretor do Sindicato da Bahia, Geraldo Galindo se reuniram com o deputado estadual Zó , do PCdoB, para falar das ameaças que o BNB vem sofrendo e solicitar que o mesmo coloque o tema em debate na Assembleia Legislativa da Bahia.

O deputado Zó abraçou a causa e prometeu dialogar com colegas de outros partidos sobre o assunto, além de ajudar os bancários a conseguir uma audiência com o governador Rui Costa.

O presidente da Federação, falou mais uma vez da importância do BNB para a economia da região, ressaltando que a defesa do banco deve ser uma luta de toda a sociedade, baiana, nordestina e brasileira.

Frente ampla

O encontro é parte da estratégia da Feebbase de envolver o governador, os deputados, senadores, prefeitos e outras lideranças políticas do estado na campanha pela manutenção do BNB, que sofre com os ataques do governo Bolsonaro, que já anunciou a intenção de fundir o banco com o BNDES, o que resultaria em um grande prejuízo para todo o Nordeste.

No último fim de semana, o presidente da Feebbase conversou sobre o assunto com o governador do Maranhão, Flávio Dino, juntamente com o presidente do Sindicato da Bahia, Augusto Vasconcelos, e o presidente nacional da CTB, Adilson Araújo.

A entidade está buscando também contato com os governadores da Bahia e Sergipe para tratar do tema. “A ideia é construir uma grande frente em defesa do BNB, com a participação de governos, parlamentares, setores empresariais e também da sociedade em geral”, concluiu Hermelino Neto.

Fonte: FEEB BA/SE