Segundo a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional do Ministério da Economia, o Bradesco está entre os maiores devedores do governo. O levantamento se refere aos débitos existentes até agosto de 2020.

Além do Bradesco, na lista estão a Petrobraz, Vale, CNS e Varig. Ao total, são 10 empresas que somam uma dívida estimada em R$ 190,7 bilhões, referente a cobrança de débitos trabalhistas, previdenciários e outros impostos. Sozinho, o Bradesco deve R$ 7,9 bilhões.

As dívidas com a União são cadastradas como regulares ou irregulares. As dívidas são regulares quando o contribuinte está pagando ou em fase de renegociação. Já as irregulares não estão sendo paga e está em fase de cobrança. O Bradesco tinha R$ 6,5 milhões em dívida irregular, em fase de cobrança.

Fonte: FEEB BA/SE