A volta do pagamento do Auxílio Emergencial tem preocupado os empregados da Caixa. Em busca de apoio para evitar as filas e aglomerações nas agências durante o saque do benefício, a Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe (Feebbase), através do deputado estadual Zó (PCdoB), enviou ofício para as secretarias de Segurança Pública e da Saúde da Bahia, solicitando reuniões para discutir o tema.

A situação foi crítica durante o pagamento do Auxílio no ano passado, com a ocorrência de filas enormes em quase todas as agências da Caixa do estado. Isso coloca em risco a vida dos bancários e também dos clientes, uma vez que gera aglomerações desnecessárias e ajuda a propagar a contaminação pelo covid-19.

Por isso, a Feebbase e os sindicatos de Bancários do estado têm buscado dialogar com as prefeituras das cidades para que ajudem na organização das filas, evitando o tumulto visto no ano passado.

“Nós também procuramos a Caixa Econômica Federal, para que a gente possa fazer uma mesa, reunindo todos os segmentos, a fim de amenizar a situação das filas no banco. Esperamos também contar com a ajuda dos prefeitos nesta questão”, informou o presidente da Feebbase, Hermelino Neto.

Fonte: FEEB BA/SE