As entidades sindicais continuam mobilizadas para conseguir a inclusão dos bancários entre as categorias que farão parte da etapa 4 do Plano Nacional de Imunização (PNI), que contempla os trabalhadores dos serviços essenciais.

O Comando Nacional enviou ofício ao Ministério da Saúde e cobrou que a Federação dos Bancos entre na campanha pela vacinação da categoria, que desempenha atividade indispensável para o desenvolvimento do país. Alguns sindicatos estão promovendo também um abaixo assinado com o mesmo objetivo.

Em outra frente, as entidades estão buscando também apoio de deputados, senadores e outras lideranças políticas para garantir acesso à vacina. Como resultado, seis parlamentares apresentaram emendas ao texto da Medida Provisória 1039/2021, que estabelece a retomada do Auxílio Emergencial, solicitando a inclusão da categoria na lista de prioridades para vacinação contra a Covid-19.

A Federação e os sindicatos da Bahia e Sergipe também estão mobilizados para assegurar a imunização dos bancários. Em plenária realizada na última quarta-feira, 24 de março, os dirigentes sindicais falaram das ações realizadas por cada entidade e defenderam a importância dos trabalhadores se envolverem na defesa da vacinação prioritária de todos os profissionais que atuam nas agências.

Fonte: FEEB BA/SE