Depois de um período de forte queda, a contaminação pela covid-19 voltou a crescer no Brasil. Como reflexo, muitos municípios estão voltando a recomendar o uso de máscaras em lugares fechados, cujo uso não é mais obrigatório no país.

A orientação das entidades sindicais é para que os bancários mantenham os cuidados contra a covid-19 de forma permanente. O número de óbitos diminuiu, como efeito da vacinação da população, mas o vírus continuar circulando livremente. A categoria está mais exposta ao perigo, por trabalhar em local fechado, com pouca circulação de ar, por isso mesmo, deve ficar atenta.

O uso de máscara não é obrigatório, mas é recomendado, principalmente para as pessoas dos grupos de riscos. A higienização correta das mãos, o uso do álcool em gel e a manutenção do distanciamento entre as pessoas também são formas eficazes de diminuir os riscos de contaminação pela doença.

O movimento sindical pede também que os bancários se mantenham informados sobre casos em sua região e lugares que frequenta. Assim, poderá adotar as medidas necessárias para a própria proteção, dos familiares e colegas de trabalho.

Nunca é demais lembrar que a pandemia não terminou e que a convivência com a covid-19 ainda poderá ser longa. A prevenção é a melhor forma de proteção.

Fonte: FEEB BA/SE