A 26ª Conferência dos Bancários da Bahia e Sergipe acontece nos dias 18 e 19 de maio, em Salvador, e será um evento com muitos debates importantes. Além da construção da pauta de reivindicações geral da categoria, o evento definirá também as demandas específicas, que serão debatidas nos encontros por banco.

Os encontros dos funcionários do Banco do Brasil, Banco do Nordeste (BNB), Caixa, Bradesco, Itaú e Santander serão realizados na tarde do sábado (18). Em cada evento, os trabalhadores vão debater os problemas de cada empresa, as demandas que não podem ficar de fora da negociação com o banco e escolher a delegação para o encontro nacional. As deliberações serão votadas na plenária de domingo e farão parte do documento final da 26ª Conferência.

Os interessados em participar dos debates devem ficar atentos às informações divulgadas pelo sindicato de sua base. Cada entidade é responsável por eleger os delegados e delegadas para a Conferência Interestadual.

Debates intensos

A parte geral da 26ª Conferência terá excelentes debates. Na manhã de sábado (18) acontece o debate sobre conjuntura, com o jornalista José Reinaldo de Carvalho, que é editor internacional do site Brasil 247. As exposições sobre novas tecnologias e impactos no mundo do trabalho, balanço dos bancos e reestruturação serão feitas pelas economistas do Dieese Ana Georgina Dias e Viviam Machado.

No domingo (19), será a vez da exposição do psicólogo André Guerra sobre os mecanismos de captura da subjetividade através de instrumentos de avaliação de desempenho dos bancários. Neste dia acontece também a divulgação dos dados da consulta à categoria, a cargo do economista Vinícius Lins, e a uma apresentação sobre os passos e perspectivas da campanha nacional 2024, que será feita pelo presidente da Feebbase, Hermelino Neto.

FEEB BA